Navegación – Mapa del sitio

2 | 2002
Guerra e conflitos violentos em África

Bajo la dirección de Rui Mateus Pereira

O presente número da revista é composto essencialmente por comunicações apresentadas na conferência intitulada «Guerras e conflitos violentos em África», organizada pelo Centro de Estudos Africanos e o Departamento de Antropologia do ISCTE e que decorreu em Lisboa em Fevereiro de 2002. O objectivo da conferência consistia em reunir um grupo de especialistas para reflectir e discutir sobre as evoluções recentes dos conflitos armados em África, nomeadamente como é que estão relacionadas com a (re)categorização de identidades sociais e em medida afectaram (e afectam) o processo de recomposição política nas suas dimensões étnica, regional e nacional. Uma segunda linha de reflexão e de debate devia centrar-se sobre aspectos relacionados com os conceitos de colonialismo, nacionalismo, interesses geo-estratégicos e reordenamento  do mosaico político internacional. A dinâmica desestruturadora que as guerras e conflitos têm assumido nas diferentes regiões do continente africano traduz-se na destruição de famílias e comunidades inteiras, na recomposição de entidades políticas, na desagregação do tecido social e económico de vários países, no empobrecimento de áreas regionais e no agravamento de complexos problemas ecológicos. A conferência internacional propôs-se, assim, ser uma análise colectiva das causas e efeitos do fenómeno da violência militar e guerreira em África numa perspectiva pluri-disciplinar e comparativa, procurando assim estabelecer vias para a compreensão da situação presente em distintos contextos regionais.