Navegação – Mapa do site

9/10 | 2006
Memórias Coloniais

Sob a direcção de Pedro Aires Oliveira e Cláudia Castelo

No início de 2006, no seio do Africa-Europe Group of Interdisciplinary Studies (AEGIS), que agrega vários centros de investigação europeus de estudos africanos, surge a ideia de promover uma maior ligação e cooperação entre as perspectivas revistas, nomeadamente através da publicação de números temáticos afins, que permitam uma leitura comparada de fenómenos homólogos. A revista Politique Africaine (do Centre d'etude d'Afrique noire - Institut d'estudes politiques de Bordeaux) sugere o questionamento comum sobre as reconfigurações das  memórias do passado colonial, aproveitando o contexto de intenso debate público sobre aquela problemática na sociedade francesa. Com o presente dossiê dos Cadernos de Estudos Africanos procuramos responder ao desafio lançado às revistas científicas europeias de estudos africanos, contribuindo para o alargamento e aprofundamento do debate, numa perspectiva cruzada. Abordamos o mesmo objecto genérico - a reconfiguração das memórias coloniais na Europa e na África - e partilhamos os mesmos pressupostos teóricos, isto é, o reconhecimento do carácter social e dinâmico da memória. Queremos reflectir sobre as representações coloniais sob o ângulo das suas permanências na actualidade pós-colonial. Mais do que as imagens do passado colonial e a recordação dessas imagens, interessam-nos os modos e as lógicas de reconfiguração dessas imagens no presente, em função de considerações do nosso tempo, de preocupações contemporâneas de grupos sociais concretos. Assumimos a noção de memória colectiva como construção e processo social (consciencializada, verbalizada ou incorporada) e não como mera recordação individual do vivido.